A Nutricionista

Carolina Baccei

Bacharel em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo; Especialista em Nutrição Clínica Funcional pela VP consultoria; Formação em Auriculoterapia pela Humaniversidade e Prestadora de Serviços para Rede Record no programa A Fazenda (1ª/2ªe 3ªtemporada)

[ +mais ]

11 maio 2011

Texto sobre a Influência dos pais e amigos na ingestão de alimentos de crianças e adolescentes

A influência dos pais versus amigos sobre o comportamento alimentar de crianças não foi diretamente comparado, e pouco se sabe sobre os efeitos das influências sociais sobre os seus comportamentos alimentares. O objetivo deste estudo foi comparar os efeitos das mães e amigos sobre a ingestão energética de crianças e adolescentes a partir de sanduíches e de snacks saudáveis e não saudáveis e de sobremesas. Vinte e três crianças (idades entre 5-7 anos) e 27 adolescentes (idades entre 13-15 anos) serviram-se de uma refeição com suas mães em uma ocasião, e em outra refeição com algum amigo do mesmo sexo. Meninas e meninos consumiram menos calorias de snacks não saudáveis quando estavam na presença de suas mães do que quando na companhia dos amigos. Reciprocamente, adolescentes do sexo feminino consumiram menos calorias de snacks não saudáveis e um maior aporte calórico de snacks saudáveis quando estavam na companhia de seus amigos, do que com suas mães. A seleção de alimentos foi diferencialmente influenciada pela influência social na busca de alimentos e idade e sexo da criança. Os pais podem agir como uma influência inibitória sobre uma alimentação não-saudável de crianças. As adolescentes do sexo feminino podem tentar transmitir uma boa impressão de uma alimentação saudável ao comer com os amigos do mesmo sexo, mas os hábitos alimentares dos adolescentes do sexo masculino não são tão influenciadas pelo contexto social.
Fonte: Site VP consultoria

Deixe seu comentário

*
*

Seu email nunca será publicado ou compartilhado. Campos obrigatórios marcados com *

Últimos posts