A Nutricionista

Carolina Baccei

Bacharel em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo; Especialista em Nutrição Clínica Funcional pela VP consultoria; Formação em Auriculoterapia pela Humaniversidade e Prestadora de Serviços para Rede Record no programa A Fazenda (1ª/2ªe 3ªtemporada)

[ +mais ]

25 fev 2011

Pesquisa: Glúten presente na Cevada aumenta o risco de desenvolver Psoríase

Mulheres que tomam cerveja regularmente têm risco maior de desenvolver psoríase – doença de pele crônica e autoimune caracterizada por manchas em todo o corpo que causam coceira. A constatação é de um estudo desenvolvido pela Escola de Medicina de Harvard (EUA), publicado no periódico Archives of Dermatology. Os pesquisadores analisaram dados de 83.000 mulheres, com idades entre 27 e 44 anos, e descobriram que aquelas que bebiam cinco ou mais cervejas por semana dobravam as chances de desenvolver psoríase. Os cientistas acreditam que isso acontece porque a cerveja é feita de cevada, que contém glúten – uma substância já associada à doença.
Os médicos recomendam que as mulheres com pré-disposição à doença evitem tomar cerveja. Como a substância associada à psoríase não é o álcool, as outras bebidas – desde que consumidas moderadamente – estão liberadas.
 

Deixe seu comentário

*
*

Seu email nunca será publicado ou compartilhado. Campos obrigatórios marcados com *

Últimos posts